Educação Financeira para todos

17 de junho de 2019

Ainda existe época do ano preferida para casar?

Maio foi, durante muito tempo, o preferido das noivas. Mas hoje, essa realidade mudou e, por diferentes razões, vários meses são considerados vantajosos para casar. Pode-se dizer que o queridinho da vez é setembro, em função da primavera, do clima, de ser fora de temporada e já mais perto do fim do ano.

Como são muitas as variáveis a considerar na escolha do mês ideal para casar, você confere aqui algumas características de cada um deles:

Janeiro e Fevereiro: por serem os primeiros meses do ano, temporada de férias e Carnaval, muito calor, chuva e época em que o orçamento pesa, costumam ser meses pouco procurados. Justamente por isso, pode-se negociar melhores preços e condições de pagamento com fornecedores.

Março e Abril: a baixa temporada e o clima favorável contribuem para o planejamento da lua de mel. Em contrapartida, os gastos com a realização do casamento costumam ser maiores, em função da maior procura dos noivos.

Maio: embora não seja mais tão procurado como antes, há ainda a tradição. Por isso, o ideal é reservar com antecedência se você tem o sonho de casar neste mês.

Saiba quais são os melhores mês para casar, suas vantagens e desvantagens.

Junho: por ser um mês de temperaturas mais baixas, não é tão procurado, e traz a vantagem de ainda estar fora de temporada. É preciso cuidado com a escolha do local, do vestido de noiva e do destino da lua de mel, em função do frio.

Julho: mês de alta temporada e frio, o que pode ser ruim para a escolha da lua de mel, mas vantajoso na negociação de preços do casamento.

Agosto: mês de poucos casamentos, por ser tradicionalmente conhecido como “mês do desgosto, mês do cachorro louco etc.”. Ótima oportunidade para encontrar promoções e descontos.

Setembro: considerado o novo mês preferido das noivas, por conta da temperatura agradável, da primavera e por ser fora de temporada. Em função da grande procura, os preços são mais altos nessa época do ano.

Outubro: pela proximidade do final do ano, clima favorável e fora de temporada, tem sido também um mês bastante concorrido.

Novembro e dezembro: em função do pagamento do décimo terceiro salário, feriados em novembro, eventos corporativos e comemorações de fim de ano, é um período com limitação de datas disponíveis e de muita concorrência, elevando os preços tanto para organização do casamento quanto para a lua de mel.

E como decidir?
Se, para os noivos, conseguir orçamentos em conta é prioridade, os melhores meses para isso são: janeiro, fevereiro, julho e agosto.

Agora, se a prioridade for realizar o sonho de casar ao ar livre (precisando, portanto, fugir da chuva), as alternativas são abril, maio, junho e julho.

Links relacionados:

Gastos com preparativos
http://financaspraticas.com.br/planejar/fases-da-vida/planejamento-financeiro-do-casal/gastos-com-preparativos

Finanças a dois
http://financaspraticas.com.br/planejar/fases-da-vida/planejamento-financeiro-do-casal/financas-a-dois

Como elaborar um orçamento?
http://financaspraticas.com.br/planejar/orcamento/como-fazer-um-orcamento/como-elaborar-um-orcamento

Compartilhar


Compartilhar