Atualização de privacidade

Lançamos nosso Centro de Privacidade e atualizamos o Aviso de Privacidade. Saiba mais. >

Educação Financeira para todos

Na planilha de orçamento do brasileiro, uma parcela significativa da receita mensal é destinada aos gastos com saúde.

Plano de Saúde

A dúvida é: quais cuidados devem ser tomados na hora da contratação de um plano de saúde? Segundo a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), é importante observar prazos de carência, coberturas, reajustes e contratos. Confira as dicas da própria agência para acertar na hora de contratar seu plano:

Operadora
É importante verificar se a operadora está cadastrada na ANS e se o plano escolhido está registrado. Essa consulta pode ser feita pelo telefone (0800 7019656) ou pela internet (www.ans.gov.br).

Plano: observe se o plano escolhido atende às suas necessidades. Para isso, é importante saber a diferença entre eles:

  • plano referência - garante assistência ambulatorial, hospitalar e obstétrica no âmbito do território brasileiro, com padrão de acomodação enfermaria;
  • plano ambulatorial - Inclui os atendimentos de consultas, em número ilimitado, e os procedimentos diagnósticos e terapêuticos para os quais não seja necessária a internação hospitalar;
  • plano hospitalar sem obstetrícia - inclui os atendimentos e procedimentos realizados durante a internação hospitalar, exceto obstetrícia. Este plano não tem cobertura ambulatorial;
  • plano hospitalar com obstetrícia - além do que está incluído no plano sem obstetrícia, o plano com obstetrícia inclui os procedimentos relacionados ao parto;
  • plano odontológico - inclui os procedimentos odontológicos realizados em consultório.

De acordo com a ANS, é possível fazer combinações entre os diferentes planos, tornando a escolha mais adequada e vantajosa de acordo com a necessidade do cliente.

Cobertura
Avalie se você precisa de um plano que atenda apenas em seu município ou que tenha abrangência nacional ou, até, internacional. Além disso, verifique se a rede credenciada da operadora escolhida atende às suas necessidades. 

Prazos de carência
Carência é o período em que o consumidor não tem direito a algumas coberturas. Os prazos máximos de carência são:

  • 24 horas para urgência e emergência;
  • 300 dias para parto;
  • 24 meses para lesões e doenças preexistentes;
  • 180 dias para quaisquer outros casos.

Preços
Variam de acordo com a idade, a cobertura, a rede credenciada e abrangência geográfica.

Contrato
Leia com atenção o contrato e verifique, além de todos os pontos já citados, a política de reajuste de preços. Segundo a ANS, além dos aumentos por mudança de faixa etária, haverá, anualmente, um reajuste no valor da mensalidade devido por conta das variações dos custos assistenciais da operadora.

Mais informações:

ANS – Agência Nacional de Saúde Suplementar
http://www.ans.gov.br/

Plano de Saúde

Compartilhar