Educação Financeira para todos

30SETEMBRO2019 – O mercado muda bem depressa e o empreendedor precisa de muita atenção e dinamismo para acompanhar tendências de mercado e tudo o que acontece à sua volta. Ao prospectar um novo cliente, pode se deparar com novas tecnologias, soluções ou mesmo termos dos quais nunca ouviu falar.

Startup, investidor anjo, fintech: conheça o glossário do empreendedor

Confira aqui um glossário com alguns dos termos em evidência. Fique por dentro!

Aceleradora: tem como objetivo acelerar o crescimento de uma startup (que tenha potencial e seja viável), apoiando-a financeiramente, oferecendo consultoria. treinamento e networking. Em troca, elas recebem participação acionária na empresa.

Analytics: uso eficiente de dados e análises, para tomar decisões mais assertivas e fundamentadas.

Big Data: solução que permite a análise e a interpretação de grande volume de dados. As ferramentas de Big Data ajudam a definir estratégias de marketing, por permitir maior conhecimento sobre o público que se quer atingir e alternativas mais eficientes para atingi-lo.

B2B: sigla para Business to Business (negócios para negócios), utilizada para definir negócios entre empresas.

B2B2C: sigla para Business to Business to Consumer (negócios para empresas para consumidores). É realizada quando uma empresa faz negócios com outra, visando vender para o cliente final.

B2C: sigla para Business to Consumer (negócios para consumidores), utilizada para definir negócios entre uma empresa e um consumidor final.

Business Plan: é o plano de negócio da empresa, documento com informações sobre a empresa e seus integrantes, descrição do produto e/ou serviço que oferece, análises de mercado, estratégias de vendas, marketing etc.

C2C: sigla para Consumer to Consumer (de consumidor para consumidor). Ele é intermediado normalmente por uma empresa (um site de leilão online, por exemplo), mas o negócio é feito diretamente com outro consumidor.

Coworking: local compartilhado por profissionais e empresas que podem ser de áreas distintas ou não.

E-commerce: é a compra pela internet.

Fintech: o termo surge da combinação das palavras “financial” e “technology”. É o tipo de negócio que visa oferecer serviços financeiros, só que a custos bem mais baixos do que os dos bancos. A tecnologia é a base para que essas empresas ofereçam seus produtos e serviços.

Inboud marketing: prática de Marketing Digital focada em atrair potenciais clientes, através de conteúdo relevante, que possibilite construir relacionamento.

Incubadora: tem o objetivo de ajudar empresas em estágios iniciais a darem seus primeiros passos no mercado. Geralmente estão associadas ao ambiente governamental ou acadêmico.

Investidor-anjo: são investidores privados que fazem aportes em startups.

IPO: quando a empresa abre o capital e ingressa na bolsa de valores.

Mentor: empreendedor ou especialista experiente que tem conhecimento de mercado para dar dicas, orientações e direcionamentos para sua empresa.

Startup: empresa, em fase inicial, que tem como objetivo o ingresso/crescimento no mercado. Tem como foco atrair investidores para que esse crescimento seja possível.

Links relacionados:

Vida empreendedora
http://financaspraticas.com.br/empreender/gestao-e-negocios-pme/vida-empreendedora

Primeiros passos do empreendedor
http://financaspraticas.com.br/empreender/gestao-e-negocios-pme/primeiros-passos-empreendedor

Startup, investidor anjo, fintech: conheça o glossário do empreendedor

Compartilhar